Universidade Intergeracional de Benfica

Uma Visão Sobre O Envelhecimento Activo, Por Bruno Rebelo

O envelhecimento ativo visa potenciar as oportunidades para a saúde, participação e segurança, promovendo a qualidade de vida, tal como defende a Organização Mundial de Saúde (OMS).

É um tema que tem vindo a revestir-se de um crescente interesse na sociedade, ao qual se tem associado a importância das universidades seniores. A intensificação do debate em torno do envelhecimento ativo e do movimento das universidades seniores deve-se a mudanças que têm ocorrido na sociedade, como as transformações demográficas, educativas, no trabalho dos direitos e nas redes de suporte social.

As universidades seniores visam a aprendizagem ao longo da vida, ocupando os seniores com diversas atividades de índole educativo, cultural e recreativo e de voluntariado. Por conseguinte, esta investigação tem como principal objetivo perceber de que forma as universidades seniores contribuem para o envelhecimento ativo, analisando e discutindo os impactos e benefícios que a frequência das mesmas tem na vida das pessoas.